X
Menu
Subscrever newsletter:

Criações Artísticas

Associação PédeXumbo (Atualizado em: 9 Novembro, 2018 )

CRIAÇÕES ARTÍSTICAS

“SEARA” é a proposta artística de Clara Marchana e Luís Fernandes e foi a vencedora da Bolsa «Criações para Dançar 2022», promovida pela PédeXumbo.

Clara Marchana bailarina, performer e coreógrafa, e Luís Fernandes realizador, músico, artista sonoro e arte-terapeuta, estiveram em residência artística no Espaço Celeiros, em Évora, de 7 a 18 de novembro, para a criação deste espetáculo que teve estreia no primeiro dia do Festival Desdobra-te.

 

“Seara” é um diálogo entre a tradição e a contemporaneidade, um lugar de escuta entre dois territórios paralelos que corporificam dois ritmos diferentes de personificar a cultura, através do corpo e da manifestação do sentir estético. Num formato de dueto, entre a dança e a música, esta criação foca a sua pesquisa coreográfica e sonora na tradição popular da moda das Saias, dança bailada principalmente pela gente do Alto Alentejo e outras danças tradicionais, no trabalho outrora proferido nos campos de cultivo de cereais e na pesquisa das paisagens sonoras e visuais da planície alentejana, nos significados e lugares que a tradição pode ocupar nos dias de hoje ou na sua ausência, mas também nas paisagens atuais da humanidade, onde tudo parece estar fora do lugar, as estações do ano, o clima, as colheitas, as emoções e a confusão. O retorno a lugares que invoquem sensações e significados de origem e inicio. Talvez tenhamos que voltar estes.

A partir de janeiro, “Seara” integra o Catálogo de Criações PédeXumbo em Viagem 2023, que continua proporcionar a difusão e promoção do trabalho de uma maior bolsa de artistas.

SEARA de Clara Marchana e Luís Fernandes | CRIAÇÃO Clara Marchana & Luís Fernandes |  COREOGRAFIA e INTERPRETAÇÃO Clara Marchana | MÚSICA, PAISAGENS SONORAS & VÍDEO ARTE Luís Fernandes | PRODUÇÃO PédeXumbo | CO-PRODUÇÃO Madrasta Dance | APOIO Dgartes, República Portuguesa – Cultura, Câmara Municipal de Évora | PARCERIAS DianaFM | VÍDEO E FOTOGRAFIA Fu Qiang

ORQUESTRA DO BAIRRO 

“Ó ló ai larilolela, Ó ló ai lari loló”,  canta o vizinho à janela quando quer montar o bailarico. E como neste bairro tudo canta, toca, dança…num instante juntam-se mais cinco. 

Abrem-se as portas e as janelas, enchem-se as ruas e o largo, todos participam nesta orquestra feita de sons, palavras, gestos e passos. A esta que é de todos, chamam-lhe Orquestra do Bairro.  Nesta orquestra feita por músicos de cá e de lá, todos se encontram nesta cidade para juntos criarem uma sonoridade para um novo baile, cruzando modas alentejanas, viras ou chulas com as danças tradicionais europeias e outras formas de expressão em movimento. A orquestra vai afinando, o convite está feito. Venham ter connosco ao largo do bairro!

“Ó ló ai larilolela, Ó ló ai lari loló”!

Ficha técnica:
Afonso Nascimento: voz, percussões e outros instrumentos
José Bonifácio: voz, acordeão e outros instrumentos
Mariana Correia: voz, violoncelo, adufe e outros instrumentos
Patrícia Camelo: voz, clarinete, gaita-de-foles e outros instrumentos
Ricardo Falcão: voz, percussões, objetos variados e outros instrumentos
Sérgio Galante: voz, guitarra, cavaquinho, banjo, campaniça e outros instrumentos

 

BIOGRAFIAS

Afonso Nascimento, natural de Évora, jovem musico, compositor e produtor musical. 8º Grau do conservatório em Guitarra Clássica em Conservatório regional de Évora. Curso Nível 5 em Produção e Criação Musical, ETIC – Escola Tecnológica de Inovação e Criação. Curso de Harmonia e Composição Jazz, por Pedro Madaleno. Licenciado em Popular Music Production, Southampton Solent University. Stage Manager em Festival Musicas Do Mundo Sines.Presidente da associação Cultural PIM TAÍ. Director artístico Dos Projectos: Alentejo Musical, Madraça, Acid Berry & The Cork Heads, Suber. Musico em inúmeros Projectos / Performances Multi disciplinares. Técnico de som em estúdio e ao vivo (Espaço do Tempo, Festival MIL- LISBON INTERNATIONAL MUSIC NETWORK, Teatro do bairro, Oficinas do Convento, Festival Silencio, Fnac..).

Mariana Correia, artista portimonense, expressa-se através das artes performáticas, com ênfase na música (voz e violoncelo), no teatro e na dança. Formada em Musicologia, mais tarde frequenta o curso de Voz na Escola de Jazz Luiz Villas-Boas (Hot Clube de Portugal). Atualmente integra diferentes projetos, nomeadamente o coletivo InsanaCena, o elenco do espetáculo “Carta” de Mónica Calle, o duo “O lado de dentro” e o “Um, dois, trio” – novo baile para todos.

Patrícia Camelo, Clarinetista natural da Figueira da Foz, membro fundador dos grupos SevenDixie, Quarteto de Clarinetes Ma Non Troppo, Roda de Choro de Évora, Meraki WorldMusic, é executante de Clarinete Baixo na Orquestra Marquês de Pombal, Orquestra de Sopros do Algarve e Orquestra Sinfónica do Algarve. Na Orquestra do Bairro, expressa-se fundamentalmente através de instrumentos de sopro e voz.

Ricardo Falcão é artista plástico, músico, ator, formador, eterno aprendiz. Divide a sua vida entre a criação e o ensino artístico numa profunda convicção da importância que a arte, no seu sentido multidisciplinar, desempenha na vida das pessoas e na construção de uma sociedade mais consciente, equilibrada, justa e harmoniosa. Como músico, “tocador de objectos”, fundou e participou em diversos projetos musicais, alguns dos quais de criação comunitária. Entre outros – No Mazurka Band, Trabucos, Mistério das Vozes Vulgares, Cornes, Razzmatazz, Contraventos, Gigabombos do Imaginário, Cajabucalhos, Baile’i e OpÁ!.

Sérgio Galante, músico, compositor, arranjador, professor, integra os projetos SevenDixie (jazz tradicional), Meraki (músicas do mundo), ”Um, dois, trio” – novo baile para todos e Sarja (jazz | rock). A sua formação principal reside na guitarra, passando pela Escola de Jazz Luís Villas Boas (Hot Club Portugal) e complementada no curso de Música da Universidade de Évora no ramo de jazz.

José Bonifácio, natural de Torres Novas é um Jovem músico, compositor, designer e produtor de eventos. Concluiu o 8º Grau de Canto Lírico na AMDF e o 6º grau em Acordeão no Conservatório de Música de Óbidos, também obteve experiência na área das artes visuais, nomeadamente o desenho e a pintura e também no teatro, enquanto frequentava o ensino secundário. É licenciado em Design de Ambientes pela ESAD nas Caldas da Rainha e actualmente encontra-se a estudar canto lírico na Universidade de Évora. Já realizou diversas masterclasses com Sara Braga Simões, Barbara Kits e Jorge Balça. Presidente da Histérico Associação de Artes, tem vindo a colaborar com projetos camarários, como locutor de rádio e também em diversas actividades de intercâmbio juvenil, nomeadamente nos Erasmus +, estando em países como a Lituânia, Croácia e Polónia. Em Portugal também realizou dois projetos nesse âmbito e foi um dos formadores que facilitou diversos workshops artísticos.

“Um, Dois, Trio” é a novo baile PédeXumbo para a infância e teve estreia oficial no Festival Desdobra-te 2021, que aconteceu de 26 a 28 de novembro, em Évora.

As ruas da cidade de Évora serviram de espaço de encontro para estes três músicos, como quem procura alguém para dançar no baile e, a convite da PédeXumbo, encontraram o compasso certo para a criação de um novo baile para a infância, com Sérgio Galante nos cordofones, Filipa Jaques na voz e eletrónica e Mariana Correia na voz, violoncelo e adufe. No dia 27 de novembro teve a sua estreia oficial em Évora, para miúdos e graúdos. Ouviram-se novas sonoridades a partir de um cancioneiro tradicional, com inspiração por cá e para lá das suas fronteiras físicas e imaginárias.

Neste baile-concerto para pais e filhos tudo pode acontecer: a erva-cidreira subirá o rio em direção ao mar e os peixinhos atravessarão o mar como um pássaro, num universo onde todos cabemos e podemos dançar juntos.

E está agora no Catálogo PédeXumbo para circulação em 2022.

GRANEL é o resultado de um trabalho de quatro músicos residentes em Évora, que estiveram em residência no Espaço Celeiros, a convite da Pédexumbo, para a construção de um repertório de baile.

Mara na voz, André Penas na viola de arco, João Baião na guitarra e Samuel Santos no violoncelo, trazem um Andro Selvagem, uma Mazurca para aquecer os corações, um Círculo Saltarello, uma Chapelloise, entre muitas outras como se quer num baile a granel!

O projeto teve a sua estreia na 2ª edição do Festival Desdobra-te, em Évora, e faz agora parte do catálogo de criações da PédeXumbo, estando já disponível para circulação. Mais informações: leonor.carpinteiro@pedexumbo.com

 

“Já nasceu o dia. É um bom momento para olhar o céu…a brisa vem quente, mas o ar está limpo. Conseguimos vê-lo e queremos lá chegar, queremos algo de bem. Aprometido ficou o Mastro por querermos voltar a estar juntos. É tempo de fazer os bolos, florir as suas saias, espalhar os verdes para o cheiro chegar mais alto. E quando nascer de novo o dia, seremos o corpo que bailou a voltar à vida.”

 

Aprometido é a nova criação da PédeXumbo com Joana Ricardo, Márcio Pereira e Marta Guerreiro e estreou dia 13 de agosto de 2020. Esteve em cena dias 13, 14 e 15 de agosto, no Pátio dos Antigos Celeiros da EPAC, em Évora. 

Potenciando as áreas artísticas dos membros da equipa residente, entre a música e a dança, a PédeXumbo está a desenvolver uma residência artística, no espaço onde está sediada, para a criação deste espectáculo com foco nos Mastros de Promessa. Esta criação volta assim ao tema dos Mastros Tradicionais, dando continuidade à investigação que vem sendo desenvolvida pela a associação desde 2017, no concelho de Odemira, com os projetos A Ciência de Um Baile de Mastro e Da Terra ao Céu.

O espetáculo passará a integrar o catálogo de criações para circulação da PédeXumbo e poderá ser apresentado em diversos contextos.

 

FICHA TÉCNICA

Um projeto PédeXumbo | Criação, Interpretação, Cenografia e Figurinos: Joana Ricardo, Márcio Pereira e Marta Guerreiro | Música: Ana Santos e Tó Zé Bexiga, Vicente Camelo | Técnico de Som: Fernando Mendes | Imagem: RIMA studio | Fotografia: António Amaral | Vídeo: Rui Cacilhas | Produção Executiva: Vitória Valverde | Apoios: DGArtes, Governo de Portugal – Secretario de Estado da Cultura, Câmara Municipal de Évora | Parcerias: A Bruxa Teatro, Cendrev, Colecção B | Parceiro de Comunicação: DianaFM
 
Aquivo: Imagens recolhidas no âmbito do projeto de investigação “Da Terra ao Céu”, um projeto da PédeXumbo com investigação de Leonor Carpinteiro e Marta Guerreiro, imagem de Pedro Grenha e som de Rui Cacilhas.

  

Do convite lançado pela PédeXumbo para que Inês Lopes e João Godinho reflectissem sobre o conceito de “baile português”, surge o projecto Não És Tu Sou Eu: um duo de concertinas dedicado à reinterpretação da música tradicional portuguesa, em contexto de baile. O repertório apresentado resulta de uma pesquisa aprofundada sobre uma vasta colecção de cancioneiros com recolhas de música tradicional.

Disponível para circulação em 2020, no formato de baile, concerto ou oficina. Mais informações: leonor.carpinteiro@pedexumbo.com

CHULA (áudio)

MAZURKA (áudio)

A Inês Lopes e o João Godinho estiveram em Residência Artística de 11 a 22 de Novembro de 2019 no Espaço Celeiros, Évora; Estreia da sua criação aconteceu em 23 de Novembro 2019, no Monte Alentejano, integrado no Desdobra-te – Festival de Dança e Outras Artes.

A PédeXumbo apercebendo-se da grande cumplicidade existente entre Inês Campos e Raphaël Decoster, e da abordagem contemporânea e criativa destes dois artistas à música e à dança tradicional, lançou o convite para que criassem um novo baile.  Deste convite nasceu o projeto HORSES, que surgiu da residência artística que decorreu em 2018 no âmbito do projecto “Novas Criações PX”, em que se propôs a criação de um novo formato de baile que apostasse na fusão do tradicional com o contemporâneo.
Em HORSES tiram-se do poço melodias de raiz tradicional e, sob um ponto de vista pessoal e experimental, Inês e Raphaël imprimem na música uma camada que não lhe pertence de base, traduzindo emoções numa “tridimensionalidade textural” composta por referências contemporâneas que ambos têm vontade de explorar.
HORSES propõe-se assim como uma festa participativa, para dançar e para cantar.
Inês e Raphaël colaboram desde 2014 em projetos relacionados com as artes visuais (exposições e performances) e tocaram juntos em diferentes Orquestras Ethno. HORSES é o primeiro projeto musical que assinam em conjunto.
Inês Campos: voz, violoncelo
Raphaël Decoster: acordeão diatónico, pedal de efeitos
Disponível para circular, mais informações: leonor.carpinteiro@pedexumbo.com
Em residência de 15 a 23 de novembro no Espaço Celeiros, Évora, 2018; Apresentação dia 23 de novembro, no Círculo Eborense, num espetáculo inserido no Festival 20AnosPX. Mais informação em breve.
UM MASTRO POR UM DIA é uma proposta artística da Associação PédeXumbo que decorreu no Centro Histórico de Évora, mais concretamente no Largo dos Mercadores, integrada no programa Artes à Rua 2018. Esta iniciativa, cruzou a música, com a dança e com as artes plásticas e é o resultado de uma residência artística única, cujo destaque assentou no facto de contar com a participação e o envolvimento da própria comunidade residente na Rua dos Mercadores e ruas próximas, na criação dos enfeites do Mastro. Direção artística de Maja Escher  Assistente artística Ariel Pinheiro Direção musical e música de Tozé Bexiga Coordenação e Produção Marta Guerreiro Produção Leonor Carpinteiro Registo Vídeo Cooperativa Cultural – CAL

Eles acordam numa enorme tela em branco e descobrem que não estão sozinhos. O que existe para além deste branco?
Nesta tela eles exprimem diferentes matizes de emoções, diferentes intensidades e cores. O amor e a raiva têm a mesma cor? Porque é que eu visto azul se gosto mais de cor-de-rosa? E o medo é preto? Então se eu estou com medo, porque é que não vejo nada preto à minha volta?

UMA CRIAÇÃO DE Ana Silvestre e Márcio Pereira
COM SONOPLASTIA DE Mara
UMA PRODUÇÃO PédeXumbo
COM O APOIO A Bruxa Teatro
CLASSIFICAÇÃO ETÁRIA M6

Circulação

CONTACTO
Susana Carrega
circulacao@pedexumbo.com 
t. 966 777 193

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Conteúdo relacionado
<
>
Bolsa «Criações para Dançar»
NOVA CRIAÇÃO PX: "Seara" de Clara Marchana e Luís Fernandes vai estar em circulação em 2023
"SEARA" de Clara Marchana e Luís Fernandes estreia no primeiro dia do Festival Desdobra-te!
BOLSA CRIAÇÕES PARA DANÇAR'22: Clara Marchana e Luís Fernandes já estão em residência artística no Espaço Celeiros
O espetáculo "Aprometido" vai estar no Teatro Municipal de Vila Real, no dia 30 de setembro
Aprometido
Até 31 de agosto - "@ menin@ dança?" instalação artística
A nova instalação artística da PédeXumbo chama-se "@ menin@ dança?" e inaugura no ciclo « Aprometemos Atividade no Jardim »
"Um, dois, trio" estão em residência para a criação de um novo baile para a infância
A PédeXumbo inicia já este mês a residência artística para a criação de um novo baile para a infância
PédeXumbo no Festival Outono Quente - 3, 4, 5 de Outubro
Já podem reservar o vosso lugar para o "Aprometido"
O "Manual Para Um Mastro" já está pronto e vão poder adquiri-lo em breve
"Aprometido" tem estreia marcada para agosto
Aprometido - 13 a 15 de agosto
A equipa da PédeXumbo vai iniciar uma Nova Criação
16 a 27 de novembro - Residência Artística para Criação de Novo Baile
O Baile das Histórias está em Estarreja esta sexta-feira!
Era Uma Tela Em Branco - Espetáculo para a Infância
Era Uma Tela Em Branco - Espetáculo para a Infância n'A Bruxa Teatro
HORSES
Já saiu o vídeo do projeto HORSES!
Já se ouvem os primeiros acordes do novo baile PX com Raphäel Decoster e Inês Campos
Era Uma Tela em Branco
Um Mastro Por Um Dia

Scroll to top