X
Menu
Subscrever newsletter:

Aulas Regulares

Associação PédeXumbo (Atualizado em: 9 Novembro, 2018 )

Aulas de Dança e Música no Espaço Celeiros 2020/21

Terça-feira, 18h30 às 20h00 | Orientado por Ana Silvestre

Para dançar sozinho, em par ou em grupo, as Danças do Mundo são recomendadas para quem dança mas também para quem nunca dançou e se quer divertir!

Num mundo de ritmos, desde os mais simples marcados a dois tempos como são as marchas, funanas, contradanças ou ritmos mais rápidos como são os quatro tempos das polcas, passando pelos três tempos das valsas ou mazurcas. Mas sendo este mundo tão rico em culturas com danças muito diferentes, não vamos deixar de dançar os ritmos complexos da Macedónia ou da Bulgária, ou as danças de ilhas como Cabo Verde, a Polinésia ou o Japão.

Terça-feira, 18h30 às 20h00
Orientado por Ana Silvestre

30€ mensalidade normal;
25€ mensalidade para sócios e parceiros da PédeXumbo

Reserve já o seu lugar e faça a sua pré-inscrição. Lotação máxima de 12 pessoas no espaço.

Os pagamentos relativos a esta actividade deverão ser efectuados por transferência bancária, até ao dia 8 de cada mês, para IBAN Associação PédeXumbo.

Mais informações:
Márcio Pereira
+351 913 742 993

marcio.pereira@pedexumbo.com

Segunda e quinta-feira das 19h00 às 21h00 | Orientado por Nídia Luz

Nas aulas de Sevilhanas e Flamenco privilegia-se o desenvolvimento motor, psicológico e artístico, estimulando a consciência corporal e a sua expressão, coordenação e sincronização de movimentos, postura, sensibilidade musical ritmada e estimulação da memória na apreensão de diversas coreografias.

Segunda e quinta-feira das 19h00 às 21h00
Orientado por Nídia Luz
Inscrições e preços diretamente com a professora – Nidía Luz (962 9055 14)

Lotação máxima de 12 pessoas no espaço.

Quartas-feiras das 19:00 às 20:00 | Orientado por Sérgio Concha

Quartas-feiras || 19:00 – 20:00

Orientado por Sérgio Concha

Kizomba e Semba  nível 0 (iniciados)
Aula de Kizomba nível 0, para quem se quer iniciar no mundo da dança! É só aparecer não é preciso par. (1x por semana). Semba é pura diversão! Para aprender os primeiros passos de semba, não podes perder esta aula! (1x por semana)

Mais informações: 

Escola de Dança Negrita
Facebook

Lotação máxima de 12 formandos no espaço. 

Dia e horário a combinar com o professor Flávio Bolieiro

Dia e Horário: a combinar com o professor.

Duração: 1 hora

Valor: 15€ por hora

Contacto: fbacordeao@gmail.com | 914 367 827 

Entrou no mundo da música aos 12 anos na Sociedade Filarmónica Cartaxense. Em 2008 ingressou no Conservatório de Música de Santarém no Curso Supletivo de Acordeão com o Professor Vítor Mira, e no ano letivo de 2015/2016 termina o mesmo com média de 17 valores.

Em Maio de 2016 participa na XXª Semana Internacional do Acordeão em Alcobaça
onde faz uma Masterclass de Acordeão com o Professor Frank Angelis e participa no 21º
TROFÉU NACIONAL / 2º CONCURSO INTERNACIONAL DE ACORDEÃO “Alcobaça 2016”, obtendo o 3º lugar na Categoria “Prémio Vitorino Matono”. Em Junho
participa no 1º Concurso de Acordeão e Guitarra Portuguesa de Santarém, onde obteve o 3º lugar na Categoria Sénior Concerto.

Em Agosto de 2019, é convidado a ser membro Associado honorário da ARFC – Alentejo e Ribatejo Film Commission, associação sem fins lucrativos, criada com o objectivo de captar de uma forma “friendly” produções cinematográficas, televisivas e fotográficas, nacionais e estrangeiras, contribuindo para o desenvolvimento do sector e induzindo benefícios económicos, turísticos, laborais e culturais.

Tem realizado várias Master classes de Acordeão com professores de renome, Paulo Jorge Ferreira, Vítor Mira, Gonçalo Pescada, Ludo Marïen, Friedrich Lips, Vladimir Zubitsky e Frank Angelis. Mas também Master classes de Direçao de Coro e Orquestra, com os professores Miguel Dinis e Hugo do Rosário.

Atualmente, encontra-se no 3º Ano de Licenciatura da Universidade de Évora, no curso de música, na vertente de Interpretação, variante Acordeão.

É Professor Acompanhador na Escola de Dança do Conservatório Nacional e Professor de Acordeão no Conservatório de Música de Santarém, na escola Ensemble Montemor e na escola de música da Sociedade Filarmónica Alpiarcense. Leciona ainda aulas particulares de Acordeão, Iniciação e Formação Musical.

Integra 7 espetáculos diversificados, Vórtice Project (3 Guitarras Portuguesas, Viola Dedilhada, Acordeão e Violino) com 2 tipos de espéctaculo ( Música Portuguesa e The Beatles, respectivamente), Duo Flávio Bolieiro & João Correia (Acordeão e Viola) com repertório tradicional, World music, jazz, clássico, com composições e arranjos musicais de ambos, Trio Tridicional (Acordeão, Guitarra Portuguesa e Viola) com um repertório que inclui obras de Astor Piazzolla e Andy Cutting mas a sua essência baseia-se em música tradicional portuguesa. As Nossas Danças – REVIRAVOLTAS, um grupo que surgiu de uma ideia de alguns ex-bailarinos do Ballet Gulbenkian e da Companhia Nacional de Bailado que se dedicam ao folclore estilizado. Ciranda, a ação do espetáculo centra-se no palco, ou espaço equivalente, onde decorrem 3 a 4 apresentações de danças e cantares tradicionais seguidas de bailes mandados com a duração de 60 a 90 minutos. São espetáculos seguidos de baile com demonstração e ensino das danças e cantares tradicionais, e o projecto MOA- Miguel Ouro Anima onde integra 5 grupos/espectáculos diferentes. O mais recente projecto que integrou, Meraki à descoberta das potencialidades dos instrumentos na “World Music”.

Por fim, como Flávio Bolieiro (Acordeão Solista), com espectáculos de música tradicional e popular portuguesa, música clássica e música house.

Podem acompanhar o trabalho de Flávio Bolieiro no Facebook e no Instagram

Dia e horário a combinar com o professor David Domingues

Duração: 1h

Valor por hora: 15€

Contactos: davidferreiradomingues@gmail.com | 911119493

 

David Domingues nasceu em 1996 em Torres Novas, Santarém.

Iniciou os seus estudos musicais na banda do Centro Recreativo e Musical de Outeiro Grande, Torres Novas, na classe de trompete do professor Pedro Gentil. Em 2009, ingressou na classe do professor Luís Carreira no Conservatório de Música do Choral Phydellius. Prosseguiu os seus estudos no curso profissional do Conservatório de Artes Canto Firme de Tomar, na classe do professor Cláudio Pinheiro. Em 2016, ingressa na Universidade de Évora no curso de Música em Interpretação com o professor Pedro Monteiro. Durante a sua formação frequentou várias masterclasses com José Almeida, Charles Schlueter, Jorge Almeida, António Quítalo, Luís Granjo, Pierre Badel, Gábor Tärkovi, entre outros. Colaborou com orquestras académicas como Orquestra de Sopros do Médio Tejo, Orquestra da Universidade de Évora, Orquestra de Jazz da Universidade de Évora, entre outras, onde trabalhou com maestros como Kodo Yamagishi, Claus Nimark, Ian Mikirtoumov, Alberto Roque, Hugo Assunção, Reinaldo Guerreiro, Luís Clemente, Ferrer Ferran, entre outros. Em 2014, foi membro do Ensemble de Metais e Percusão “The Bells Brass Ensemble”.

Atualmente, frequenta o Mestrado em Ensino da Música.

 

Dia e horário a combinar com a professora Inês Conde

Duração: 1h

Valor por hora: 15€

Contactos: inesdc5@hotmail.com | 918207362

Inês Conde nasceu em Torres Novas, Santarém, no ano de 1996.

Iniciou os seus estudos musicais no ano de 2009 em Percussão, na Banda Filarmónica do Centro Recreativo e Musical de Outeiro Grande (Torres Novas) com os Professores e maestros, Luzia Rocha e Bruno Praia. Em 2012, ingressa na classe do professor João Lopes, em Saxofone, no Conservatório de Artes Canto Firme de Tomar no curso profissional de Instrumentista de Sopros e Percussão. Em 2015, ingressa na Universidade de Évora na Licenciatura de Música em Interpretação com o professor Mário Marques. Durante a sua formação frequentou vários estágios de orquestra, e colaborou com diversos grupos como Orquestra de Sopros do Médio Tejo, Orquestra de Sopros da Universidade de Évora, Orquestra de Cordas da Universidade de Évora, Orquestra de Jazz da Universidade de Évora, The BellsWood Ensemble, entre outras, onde trabalhou com maestros como Kodo Yamagishi, Claus Nimark, Yan Mikirtoumov, Alberto Roque, Hugo Assunção, Reinaldo Guerreiro, Ferrer Ferran, Simão Francisco, Tiago Alves, Nuno Leal, Luís Casalinho, Félix Hauswirth, Shawm Smith, David Fiuza, entre outros.

Atualmente, frequenta o Mestrado em Ensino da Música na Universidade de Évora

Dia e horário a combinar com a professora Cláudia Amado

Duração: 1 hora

Valor por hora: 15€

Contactos: cmma.mus@gmail.com | 925944258

 

Cláudia Amado, natural de Évora,iniciou os seus estudos musicais em 2005 na Associação de Moradores do Bacelo – “O Acorde”, onde estudou com Francisco Carvalho, José Luís Anacleto e António Alfaiate. Em 2008, ingressou no Conservatório Regional de Évora – Eborae Mvsica, no Curso Básico de Flauta Transversal – Regime Articulado, onde teve aulas com o professor e maestro António Rosado. Em 2013, começou o Curso Secundário de Flauta Transversal – Ensino Artístico Especializado, orientada pela professora Mariana Moreira, tendo terminado o curso secundário em 2016. Em 2017, ingressou na Universidade de Évora, na Licenciatura em Música – Interpretação, Variante de Flauta Transversal na classe da professora Monika Streitová e terminou a licenciatura em 2020. Atualmente, encontra-se a frequentar o Mestrado em Ensino da Música, também na Universidade de Évora.

No âmbito de estágios e orquestras, trabalhou com os seguintes maestros: António Rosado, Ernst Schelle, Luís Clemente, Vasco Pearce de Azevedo, Mark Martley, Yan Mikirtoumov, Christopher Bochmann, Jean-Sébastien Béreau, Ricardo J. Espigares Carrillo e Claus Nymark, entre outros. Participou em estágios e masterclasses, onde teve oportunidade de trabalhar com Anabela Malarranha, Ana Maria Ribeiro, Ana Raquel Lima, Pierre Yves Artaud, Marina Camponês, Stefano Parrino, István Matuz e Christian Studler, entre outros.

Deu aulas de Flauta Transversal no Grupo Musical Paviense – Banda Filarmónica de Pavia no ano letivo de 2018/2019 e foi formadora de Flauta Transversal da Orquestra Juvenil de Sopros de Évora nos anos letivos 2018/2019 e 2019/2020 e formadora da Orquestra B (iniciação) no 4º Estágia da OJSE em 2019.

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Conteúdo relacionado
<
>
As Aulas Regulares regressam ao Espaço Celeiros, com música e dança
Ciclo de Formação "A Criatividade nas Danças Tradicionais" volta em Setembro, para o terceiro módulo
Ciclo de Formação “A Criatividade nas Danças Tradicionais” - 7, 8, 9, 10, 15, 16, 17 e 18 de Setembro
Às Quartas nos Celeiros - julho
Ainda há vagas para o Workshop Kontakte – Criação Sonora para Movimento no Espaço Celeiros
Kontakte - Workshop de Criação Sonora para Movimento
Vem aí mais um Chá Dançante com Mercadinho de Natal!
Workshop Kontakte - Criação Sonora para Movimento no Espaço Celeiros em Janeiro
Aulas de Danças de Tradição do Mundo de regresso a Castro Verde!
Inscrições abertas para a formação "Criatividade e a Dança" em Lisboa.
Ano letivo no Espaço Celeiros 2019/20, já viram todas as novidades?
Aulas Regulares no Espaço Celeiros 2019/2020
Já estamos a receber propostas para aulas regulares no Espaço Celeiros 2019/20
Estamos à procura de propostas para os Celeiros 2019/20
Os Burricos vêm até Évora em Abril para uma Oficina de Danças Tradicionais Portuguesas e Baile Folk
Oficina de Danças Tradicionais Portuguesas com "Os Burricos"
Chá Dançante de Março nos Celeiros!
Concerto Baile Folk no Espaço Celeiros com "Os Burricos"
Ciclo de Formação: Criatividade nas Danças Tradicionais
Nova Formação PX: Dança Tradicional e a Criatividade em Faro!
Baile de Fevereiro com Balsol e convidados!
Chá Dançante da Primavera
Concerto Baile Folk com Zikhamu
Concerto Baile Folk no Espaço Celeiros com Laurent Geoffroy
Concerto Baile Folk no Espaço Celeiros com BALSOL

Scroll to top